Dia das Mães: os meus livros, os livros dela

Neste Dia das Mães (que foi ontem, mas tudo bem) decidi fazer algo diferente… Depois de me recuperar dos pratos de feijoada e copos de sorvete absorvidos ontem, enquanto minha mãe pintava as unhas, resolvi perguntar para ela quais eram seus cinco livros favoritos.

Descobri que não tinha lido nenhum deles, o que é uma vergonha. No entanto, percebi algumas relações nos gostos literários dela e meu. E é isso que eu vim contar hoje para vocês, mas só vou falar de três deles #mistérios haha

Minha mãe leu A Ira dos Anjos, de Sidney Sheldon: na verdade dona Sandra leu vários livros do Sidney Sheldon, mas escolheu esse como seu favorito. A Ira dos Anjos conta a história de Jennifer Baker, filha de um advogado do interior, que realiza o sonho de sua vida ao ingressar na Promotoria Distrital de Manhattan, em Nova York, disposta a lutar por justiça. No entanto, seus planos vão por água abaixo e sua vida sofre uma inesperada reviravolta, correndo até o risco de ser presa. Sem falar, claro, nas questões amorosas: seu coração está dividido entre dois homens.

A_IRA_DOS_ANJOS_1249659074P

Eu li O Diário de Bridget Jones, de Helen Fielding: além de também estar com o coração dividido, Bridget também é cheia de inseguranças, como Jennifer. Além disso, minha mãe sempre disse que gostaria de ter cursado Direito e ter se tornado advogada; Bridget acabou se tornando jornalista de TV e eu também (mas sem a parte de descer pelo cano do corpo de bombeiros, pelo amor de Deus!).

o diario de bridget jones capa

Minha mãe leu Menino de Engenho, de José Lins do Rego: Carlinhos acorda em uma manhã com um grande barulho em sua casa. Ele encontra sua mãe largada sobre o chão coberta de sangue e seu pai como um louco a chorar sobre ela. Tenta se aproximar da mãe morta, mas o tumulto de empregados e a chegada dos policiais que fecharam o quarto pondo todos pra fora o impede. Assim começa o famoso romance de Lins do Rego, um clássico da nossa literatura moderna sobre a época de ouro dos engenhos de açúcar na região Nordeste e o momento imediatamente após o fim da escravidão.

71409_926

Eu li Vidas Secas, de Graciliano Ramos: aqui a história começa com Fabiano e Sinhá Vitória caminhando pelo agreste nordestino em busca de abrigo e trabalho. São acompanhados pelos filhos (chamados apenas de Menino Mais Velho e Menino Mais Novo) e da cachorrinha Baleia. Esse outro clássico nacional se passa durante a Era Vargas, pouco mais de 50 anos depois do momento histórico de Menino de Engenho.

54130_917

Minha mãe leu Nunca Desista dos Seus Sonhos, de Augusto Cury: o autor mostra neste livro que os sonhos são como uma bússola, indicando os caminhos que seguiremos e as metas que queremos alcançar. São eles que nos impulsionam, nos fortalecem e nos permitem crescer. Para comprovar isso, Augusto Cury analisa a trajetória vitoriosa de grandes sonhadores, como Jesus Cristo e Martin Luther King,

778195

Eu li A Menina do Vale, de Bel Pesce: já falei aqui antes sobre o livro da Bel Pesce (se você não viu, clica aqui) e se tem uma coisa que ela acredita é no poder dos sonhos, além de ser prova viva da força que eles tem. Desde seu ingresso no MIT até a abertura de sua própria empresa, a Fazinova (essa história ela conta do A Menina do Vale 2), Bel sempre soube que não se conquista nada sem sonhar antes.

ameninadovaledivulgacao

Feliz dia daquela que me ensinou a não ter medo de sonhar e saber que é possível mudar o mundo em que vivemos, desde que a mudança comece por nós! ❤

3593_569945316360848_1750247867_n

Mãe, precisamos tirar fotos novas tá bom? Então tá bom…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s