Bullet journal: como escolher o caderno ideal

Se há uma questão que sempre me fazem é sobre o caderno ideal para criar o seu bullet journal. Pode parecer bobagem, mas esse é o primeiro passo para que o método dê certo. Afinal de contas, o bujo é algo que você vai levar consigo o tempo todo – tem que ser prático e ter o seu estilo.

Meu primeiro bujo foi em um caderno capa dura e com linhas – completamente diferente dos cadernos que uso hoje. E isso não significa que o meu modelo esteja certo; como eu disse, é o que funciona para você.

Porém, algumas pistas podem te ajudar a encontrar o caderno ideal logo de cara. Vamos lá?

 

– capa dura: como costumam ser um pouco mais pesados, podem funcionar melhor para quem trabalha em home office e, por isso, são pessoas que vão tirar o caderno menos vezes de casa. Costumam ter mais opções de capas, então se você não gosta de básicos é um investimento interessante.

– capa flexível: são bem mais leves, por isso mais fáceis de transportar. Se você é como eu e costuma levar “a casa na bolsa”, quanto menos peso, melhor. No entanto, é preciso ser uma pessoa cuidadosa. Não dá para guardar o caderno de qualquer jeito, ou ele pode amassar.

9788883701030.IN02

– páginas lisas: são essenciais para os mais criativos, que gostam de usar o bujo para se organizar, mas também para expressar seu lado artístico com desenhos e colagens. Páginas em branco te deixam livre para criar o seu layout.

8051272892703.IN02

– páginas pontilhadas: também tem bastante espaço livre, mas os pontinhos conseguem te guiar e ajudar a criar linhas e quadrados. Bastante usado por quem faz bujo.

8051272892055.IN02

– páginas pautadas: não tem jeito. Quem precisa de linhas, precisa de linhas. É ideal para quem, além de listar as tarefas do dia, gosta de escrever bastante, sejam anotações ou textos autorais. Até mesmo um diário fica mais organizado em linhas.

8051272895292.IN02

– páginas quadriculadas: para organizar listas de tarefas, não tem coisa melhor. Quem desenha também costuma curtir as linhas dessas páginas. Mas elas podem ser “poluídas demais” para algumas pessoas.

 

Se você ainda estiver em dúvidas, o melhor é ir testando. Foi o que fiz. Testei a capa dura, não rolou e troquei para a flexível. Testei linhas e não deu certo; o pontilhado me ajudou mais. Mas meu próximo caderno terá páginas quadriculadas – veremos!

E o seu caderno, como é (ou será)? Conte pra mim nos comentários!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s