Colete: raio-x da peça

Essa peça pode adicionar romantismo ou atitude ao seu look em um piscar de olhos.

  1. Esta pode até ser uma peça original do guarda-roupa masculino, mas combinada com, por exemplo, um vestido floral ou uma camisa de gola de laço, fica suuuperfeminina.
  2. O colete nasceu na Turquia. Foi adaptado pelos ingleses, que, em vez de usarem peças feitas de seda, começaram a fabricar modelos em lã. Ele passou a fazer parte do traje social completo masculino (calça + terno + colete).
  3. Dá para usar colete em eventos formais! Basta escolher um modelo bem estruturado e combiná-lo com peças de alfaiataria.
  4. Para parecer mais alta e magra, escolha um modelo longo, que forma pontas nas laterais.
  5. Se você é magra, mas não tem cintura, o colete pode te ajudar. Escolha um modelo que marque mais essa região ou use combinado com um cinto.
  6. Os coletes podem ser de vários tecidos: malha, brim, acetinado, linho, cetim… Para um ar rocker, escolha modelos de jeans ou couro.

Colete combina com:

  • Calça jeans ou short e camiseta estampada. Deixa o seu look bem mais caprichado!
  • Vestidos. Um modelo romântico combinado com um colete de couro perde todo o açúcar e ganha uma dose de atitude!

* Fonte: Priscila Marx, professora da Sigbol Fashion

** texto publicado originalmente na revista Atrevida (2013)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: