SPFW Verão 2016: cintos, sereias e Gisele Bündchen

Gente, que dia! Teve sereia, teve retorno e teve despedida. Pode pegar aquele cafezinho gostoso que hoje a gente vai longe, pois o terceiro dia de São Paulo Fashion Week tem muita história – e muitos acessórios – para contar. Simbora?

– o cinto de Isabela Capeto

Ah, ela está de volta! Depois de anos sem apresentar suas coleções no SPFW, a estilista traz de volta seu lado “feito a mão” para as passarelas paulistanas. Inspirada nas praias cariocas e na imagem de Iemanjá, seu verão tem apelo ladylike (adoro!), com muita cintura marcada, seja com cintos como esse ou em drapeados da própria roupa.

detalhes-isabelacapeto-spfw-verao2016-001014-654x983

– o sapato com meias de Reinaldo Lourenço

Reinaldo Lourenço se inspirou em George Sand, romancista e baronesa de Dudevant, para criar uma coleção com forte apelo masculino, mas sem perder a feminilidade jamais! O sapato usado com meias brancas foi um charme a parte…

detalhes-reinaldolourenco-spfw-verao2016-0010561-654x983

– as sandálias de Alexandre Herchcovitch

Desfilando sua coleção no Instituto Tomie Otake, em Pinheiros, Herchcovitch foi buscar suas referências no mundo oriental, mais especificamente nas chamadas “pescadoras de pérolas”: Essas mulheres, especialistas em descer até nove mil metros mar gelado abaixo usando apenas um “fundoshi” (tapa sexo), mergulhavam em busca das pedras preciosas e, se de fato as encontrassem, recebiam um bônus. Contei essa história toda só para explicar as sandálias que as modelos usavam, que remetem aos chinelinhos das gueixas, mas acrescidas de salto e amarrações.

detalhes-alexandreherchcovitch-spfw-verao2016-001040-654x983

– a bolsa de Ronaldo Fraga

Antes de falar do acessório, pausa para falar da ambientação do desfile de Ronaldo Fraga. Sua inspiração eram as sereias, e ele de fato trouxe algumas para a sua apresentação! Mulheres reais, usando apenas saias que lembram as caudas das criaturas míticas, permaneceram sentadas na passarela durante todo o desfile. Enquanto isso, modelos desfilavam roupas e acessórios fluidos como essa maxibolsa.

detalhes-ronaldo-fraga-spfw-verao2016-0010501-654x985

sereias-ronaldo-fraga-1429132075558_956x500

Olha aí as sereias reais do Ronaldo Fraga!

– o sapato da Lolitta

Com tricôs e bordados de Swarowski, a marca se inspirou no filme O Jardim Secreto (1993), além de trazer algumas referências da moda anos 1950. Que tal esse sapato com ares de boneca, mas que ao mesmo tempo é a cara do verão?

detalhes-lolitta-spfw-verao2016-001040-654x983

– a touca da Salinas

Também inspirada no Marrocos (lembra a Ellus? Então…), a marca de moda praia apostou em um acessório que talvez não combine muito com sol e areia: toucas! Sim, toucas no verão! Elas deram um toque street aos looks de praia. Uma coisa meio skate no calçadão de Copacabana, sentiu?

sali-det-ms-v16-005-654x983

– o lencinho de Vitorino Campos

O estilista buscou uma referência bem específica para o seu desfile de verão: a relação entre Patti Smith e Robert Mapplethorpe. Ela, consagrada roqueira e ícone cultural da década de 1970. Ele, fotógrafo ousado, que tem os retratos de nus como suas imagens mais famosas, algumas delas que remetem ao sadomasoquismo. O namoro e amizade dos dois rende pano para a manga, ou para os lenços que lembram bandanas de Vitorino. Pode associar com o rock’n roll ou com o sadomasô: você escolhe.

detalhes-vitorinocampos-spfw-verao2016-001017-654x983

– os tênis de cano médio de João Pimenta

Gente, como eu gosto dos desfiles desse homem! Ousado que só ele, ele desafia os padrões da moda masculina, e nessa temporada isso não seria diferente. Dessa vez ele quis brincar com os comprimentos das peças: uma jaqueta poderia ser curtinha, nos quadris ou alongada. E, claro, um tênis pode ter canos de diferentes alturas. Que tal o médio?

detalhes-joao-pimenta-spfw-verao2016-14-654x983

– o pulseirismo da Colcci

Segura a emoção que daqui a pouco eu falo da Gisele! Vamos às inspirações da coleção primeiro, que vem, assim como de várias outras marcas, da década de 1970. A canção Flower Punk, de Frank Zappa, que deu o tom dessa coleção, e nada melhor para misturar rock e hippie do que um belo conjunto de pulseiras. Atitude, a gente vê por aqui.

detalhes-colcci-spfw-verao2016-28-654x985

Agora sim, a estrela da noite: Gisele Bündchen!

detalhes-colcci-spfw-verao2016-1-654x983

A super modelo brasileira encerrou sua carreira nas passarelas (nas passarelas, que fique bem claro!) na semana de moda que a descobriu, com a marca da qual foi garota-propaganda (e ainda é) e sob os olhares admirados de marido na primeira fila, plateia e das colegas modelos. Poderia falar um monte de coisas, mas acho melhor deixar aqui o vídeo do desfile. Gisele não chegou onde chegou de graça: tem brilho, carisma, talento. E vai fazer falta.

Ufa! Escrevi demais hoje né? Mas vou adorar ler seus comentários: o que você achou do terceiro dia de desfiles?

Pérolas: clássicas e poderosas

Todo mundo fala que um colar de pérolas é básico, um clássico. Ok. Mas hoje eu acordei pensando: quem foi que disse que colar de pérolas é clássico? Desde quando? Pulga atrás da orelha colocada, liguei o computador e fui pesquisar.

Vale começar lembrando que as pérolas não tem significado apenas para a moda.  Diversas culturas encheram as pérolas de significado. Os persas a associavam à virgindade, à pureza. Para os gregos era o símbolo do casamento. Essa bolinha preciosa até já foi usada em tratamentos de saúde. Enfim, a pérola já tinha significado para a sociedade, por sua raridade e por tantos outros além dos que eu mencionei acima, logo, nada mais justo que ocupasse seu lugar também na moda.

As pérolas tem o mesmo valor de pedras preciosas, e passaram a ser usadas em jóias. Sua entrada no mundo da moda como clássico absoluto se deve ao seu uso por várias mulheres poderosas (bem mais do que as it-girls de hoje, devo dizer…). Coco Chanel, Grace Kelly, Audrey Hepburn, Marylin Monroe, Lady Di. Todas elas eram fãs das pérolas, e contribuiram para que as pedrinhas se tornassem símbolo de sofisticação. Para que hoje se pudesse dizer que um look muda completamente do básico para o elegante com um colar de pérolas (tá, não dá para ser tão generalista assim, mas vocês entenderam…).

De tão básicas, as pérolas viraram até estampa! Isso mesmo! Batizadas por Lilian Pacce como “poá 3D” (achei digno rs), as pérolas apareceram em diversos looks da última SPFW e se tornaram forte tendência para este inverno. Olha só esse casaco do desfile do Alexandre Herchcovith:

Enfim, use pérolas. Elas combinam com tudo, e enchem você de elegância. Se você acha pérolas “coisa de velha”, aposte nas coloridas ou combinadas com correntes, como neste colar que a revista Manequim ensina você a fazer. Agora, se você é uma pessoa poderosa e tem pérolas de verdade, cuide bem delas. Evite o contato direto delas com produtos químicos, o que inclui maquiagem e perfumes. Produza-se e espere alguns minutos antes de arrematar o visual com elas.

Gostou? Detestou? Achou bacana? Comente!

 

P.S.1: graças a Stella McCartney, o Além das Tendências atingiu seu recorde de posts! Conto com a ajuda de cada um que está lendo agora para tornar esse recorde o padrão de acessos. Esse blog não existe sem vocês (ai que fofinho 🙂 rs)

P.S.2: ainda sobre Stella McCartney, sabe a foto que eu tirei vendo a coleção? Então, foi clicada no Bourbon Shopping,  em São Paulo, onde, provavelmente na hora em que eu estava vendo as peças, das 300 roupas com a etiqueta da estilista que a loja recebeu, só restavam 50: uau!

P.S.3: o último, prometo! Lembra que o Ashton Kutcher veio para o Brasil para o desfile da Colcci, foi aquele papelão e tal (não lembra, clica aqui que eu te lembro)? Então, saiu o vídeo do making-of da propaganda da grife com o moço, e com a linda da Alessandra Ambrósio. As fotos foram feitas em Los Angeles, um luxo. Olha só: