Fashion Files: 3 russas para seguir no Instagram

A Copa do Mundo já está batendo à porta (o hexa ainda não sabemos, mas a Copa está) e o mundo se prepara para ver a bola rolar. Os olhos estão voltados para a Rússia, mas eu faço um convite a ver mais do que os gramados e as torcidas: que tal um pouco de moda para o seu feed do Instagram?

Por isso, enquanto você prepara uma pipoca e aguarda os jogos começarem, aproveita e dá um follow nesses três perfis de russas incríveis:

 

– Miroslava Duma (@miraduma)

Empresária, influencer, um pouco polêmica, mas sempre fashion. Os looks e projetos de Mira são inspiradores e dramáticos. Uma mulher urbana por excelência. Sou fã!

Miroslava Duma
Foto: Instagram

 

– Olga Karput (@okarput)

Fundadora da loja conceito Kuznetsky Most 20 (outro Insta que também vale ser seguido – @kuznetskymost20), Olga é aquela pessoa que atrai os olhares dos fotógrafos com facilidade. Seus looks cheios de cores e sobreposições tiram qualquer guarda-roupa da rotina.

Olga Karput
Foto: Instagram

 

– Lena Perminova (@lenaperminova)

Seus looks vintage e femininos trazem elegância e açúcar na medida certa para o nosso feed, mas quem vê os cliques dessa musa do street style não imagina a história por trás dela. Nascida na Sibéria, Lena fugiu de casa aos 16 anos, se envolveu com tráfico de drogas e casou-se com o empresário que ajudou a libertá-la da cadeia, 27 anos mais velho do que ela. Enquanto sua história não vira filme (porque deveria!), vamos nos inspirando em seus looks.

Lena Perminova
Foto: Instagram

 

Tem outros perfis russos para sugerir? Comente! E, #vemhexa!

O tal rosa millennial

Você já deve ter ouvido falar nesse novo tom de rosa.

Novo? Talvez nem tanto assim…

Foto: Kelly Solcia/Pinterest

O rosa millennial é a cor do momento. Mas não seria ele o já conhecido rosa bebê? Ou uma versão mais clara do rosa chiclete? Há quem chame a cor apenas de blush – e a sua necessárie já devia contar com um exemplar desse rosa há alguns anos.

A moda é um grande ciclo, já falei isso aqui várias vezes. Algumas modas vão, algumas modas voltam. Podem voltar disfarçadas de novas, mas são nossas velhas conhecidas.

Se isso é um problema? Claro que não! Quando uma moda volta, como é o caso do rosa, significa que ela se estabeleceu. Está a um passo de se tornar um clássico. Ao longo dos anos, o rosa já se tornou até unissex; é uma cor que realmente merecia ser elevada ao patamar de eternos.

pink millenial 02

Vale dar aquela refrescada na memória e lembrar que o ano de 2016 também foi marcado por um rosa, o quartz, mais metalizado (alô, Apple!). Quem diria que o rosa voltaria tão rápido: Mas agora é a vez do millennial, o nosso bebê.

Até a Lady Gaga (ÓBVIO que eu ia falar sobre ela) se jogou no rosa millennial na sua fase Joanne!

lady-gaga-joanne-album-pink

Se você curte a cor e quer apostar nessa tendência, vale de tudo, dependendo do seu nível de ousadia e pink power. Acessórios no tom, como chockers e sapatos, são uma excelente porta de entrada. Uma peça na cor combinada com outras em tons mais neutros, como preto, branco e cinza, também vai super bem. Mas se você é uma Pink Lady dos anos 2000, se joga! O look completo também é possível e permitido. Afinal, a vida em tons de rosa é sempre mais leve.

Foto: ShopStyle/Pinterest

Moda escrita nas estrelas 

Você pode acreditar, não acreditar ou achar uma profunda bobagem, mas com certeza você já leu algo sobre o seu signo. Se você gosta de astrologia, “ascendente”, “Lua em Escorpião” ou “Mercúrio retrógrado” fazem sentido para você. O que talvez você não saiba é que os astros estão na moda – mesmo.
2015 não foi um ano fácil para a maioria das pessoas, seja na vida pessoal, na profissional ou, especialmente, na vida financeira. Também não foi um ano bom para o mundo da moda, que, assim como outras indústrias, demitiu pessoas, precisou cortar gastos e não sabia mais no que confiar. Foi nessa hora que algumas marcas resolveram olhar para o céu.

Lá fora, nas semanas de moda internacionais, quem deixou isso mais claro foram Louis Vuitton e Emilio Pucci. A primeira trouxe os astros para os acessórios, com brincos/ear cuffs inspiradas nos 12 signos do zodíaco. Já a Pucci trouxe para a passarela de Outono/Invernos looks inspirados nos astros – terá sido algum movimento de Marte que fez Peter Dundas deixar a grife pouco tempo após essa apretsentação, classificada por muitos crítcos como a melhor em sua carreira na Pucci?
  
  
Os brincos da LV e um dos looks zodiacais de Pucci

No Brasil temos Patrícia Vieira, que nunca escondeu seu apreço pelo universo astrológico. Na última edição do SPFW, ela se inspirou no deserto do Atacama, apresentando-o quase como um local místico. Já Lilly Sarti também caminhou pelo esoterismo, trazendo referências que, além da astrologia, passaram pelo por yin e yang, Egito Antigo e a cruz de Ansata.

  
  
São Paulo Astrological Week com Patrícia Vieira e Lilly Sarti

E então você me pergunta: qual é o seu ascendente, Carol?
Mentira, não é isso que você me pergunta. Você pergunta: ok, isso é na passarela. Na vida real, #comofaz? Simples: coloque no seu guarda-roupa estampas de estrela ou galáxia, pingentes inspirados nos signos ou elementos cósmicos e cores que remetam aos quatro elementos (Fogo, Terra, Ar e Água). Mesmo que você não acredite em nada disso, conseguirá montar um look divertido e inspirador; um look que talvez faça você pensar mais sobre você mesmo.

  
Tem mais um monte de looks para se inspirar lá no Pinterest; vem dar uma olhada!

Vai embarcar no mundo dos astros? Acredita nas previsões do seu signo para 2016? Não? Comente!